Bruna Bizzoto, Fábio Dornas e Rodrigo Campos

09ago08

por Mariana Lage

O terceiro dia do Momentum começa com pequenos solos de cada bailarino. Bruna aparece antes do terceiro sinal atrás da platéia, no balcão. Em seguida Rodrigo, de terno e calça social, ensaia movimentos ‘nervosos’ debaixo de um saco plástico verde, com uma pequena fresta na altura da cabeça. Explora a plasticidade do material, o seu aspecto rudimentar e o resultado sonoro de sua manipulação. Por baixo do saco, um personagem contemporâneo, urbano, obsessivo, esquizo. Fábio aparece sutilmente no topo da escada à direita do palco. Giz na mão a riscar aleatoriamente a parede de fundo do palco à medida em que desce as escadas.

Os bailarinos vão reaparecendo aos poucos e ensaiam movimentos entre si. Aos poucos instaura-se uma composição marcada por uma certa obscuridade e introspeção. Há barulhos e elementos que remetem a violência, como o armário abarrotado de instrumentos metálicos. Do armário, por exemplo, retira-se um gancho que amarra e restringe os movimentos das pernas dos bailarinos. Surge a impressão de sufocamentos e desencontros entre os personagens. Há diálogos entre os corpos dos bailarinos, mas não entre os personagens. É como se cada um estivesse preso a sua própria individualidade peculiar, “esquizóide”.

Como observou Dudude, este foi o encontrou em que mais apareceu a dança contemporânea. E como no segundo dia, o trio de bailarinos conta com a participação de um improvisador sonoro: Fred Pessoa.

Houve, é claro, momentos memoráveis como, por exemplo, Fábio Dornas se movimentando ao som da música “Tieta”, de Caetano Veloso, e manipulando um rebatedor de luz com a face interna dourada. Como a cena final em que o spot de luz aproxima-se dos dois bailarinos-mariposas ao som de Adoniram Barbosa. Ou ainda, quando Rodrigo atravessa o palco carregando uma mala em uma mão e o celular ligado na outra – e, material aos curiosos, quem chamava era Dudude Herrmann e respondia prontamente: “Pode continuar, pode continuar”.

Anúncios


No Responses Yet to “Bruna Bizzoto, Fábio Dornas e Rodrigo Campos”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: