Memórias do Workshop

06jul08

por Daniel Toledo

Algumas semanas após o encerramento do workshop “Limiares da Performance”, ainda vale a pena tocar em  pontos discutidos durante os encontros e levantados durante as experimentações.

Em que medida o significado das novas obras ultrapassa a experiência da interface?
Aliás, trata-se de obra de arte ou experiência estética?
Como extrair sentido de uma experimentação?

Como obter domínio sobre a experiência sem comprometer a criação no instante?
De que modo o envolvimento emocional do ator é incorporado pela performance?
Qual seria o limite do script para a performance?

Como explorar a presença simultânea da representação e do corpo representado?
De que modo o vídeo pode alterar a impressão sobre o movimento?
Onde está a porta de entrada para o espectador?

Anúncios


No Responses Yet to “Memórias do Workshop”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: